quarta-feira, 13 de junho de 2012

Organizando-se para fazer scrapbook mais rápido

Oláa!td bem com vcs?

Parece que já faz tanto tempo que não volto aqui... De fato, faz um pouco de tempo mesmo, pois não consegui participar do último desafio do sketch da Maísa... E sabem porque? Voltei da licença maternidade ou seja, voltei ao batente e meu nenezinho anda um pouco grudentinho... Toda vez que o deixo no berço ou na cama sozinho, ele acorda! hahaha

Mas o que isso tem a ver com meu artigo mensal e minhas participações no Scrap entre Amigas? TUDO! Pensei, pensei e pensei de novo! Resultado: PRECISO descobrir um jeito de continuar a fazer scrapbook com a vida que tenho e sinceramente, não posso prescindir de nada do que faço agora! O q fazer? Sabe aquela história de tentar fazer mais com o que vc tem? Pois é, todo mundo tem 24hs por dia então, como ele pode render mais? ORGANIZAÇÃO! Mas não só organização do ambiente, mas organização do fluxo de trabalho! Vamos ver algumas dicas interessantes?

1. Organizar sua mesa de trabalho ou scraproom! hihihi Se meu marido ler isso aqui vai dar gargalhadas!!! Gente, não vou aprofundar nisso pq não é meu objetivo aqui. A Julie Fei Fan Balzer publicou no blog dela uma semana dedicada a organização e o primeiro post foi sobre: abrir espaço para a sua arte fluir! Para ser direta, classificar tudo o que deve ser jogado fora, doado ou vendido e guardado. Confira as dicas dela:
  • Limpe primeiro as superfícies (mesas, etc) depois vá para as gavetas e estantes;
  • Se vc não quer doar pq esse material é muito caro, então crie uma caixa com itens para vender no bazar;
  • Seja firme, esqueça o "um dia vou usar". Viva o agora e jogue, doe ou venda o que está parado;
  • Se vc tem uma grande quantidade de coisas que vc não usa, mas não quer se desfazer agora, então coloque numa caixa, coloque a data de hoje e guarde em um lugar que não atrapalhe a circulação ou os itens que vc usa mais. Se vc ficar um ano ou dois sem ao menos olhar para isso, quer dizer que realmente vc deve dar um jeito nisso, ou seja, doar ou vender;
  • Vai ser muito difícil no começo e vc pode se perguntar pq foi que eu comecei isso de querer organizar, mas depois vc vai ver como foi útil para seu dia-a-dia;
  • Não pense muito, siga seus instintos na hora de classificar seus itens. Se vc está na dúvida, coloque na pilha dos itens para doar e amanhã ou qdo for doar, repense por "um segundo" (rsrsrs) se mudou de idéia;
  • Ser organizado = ser mais produtivo!
Agora vamos pensar em funcionalidade, principalmente se vc estiver numa fase da sua vida como a minha, que cada minuto é precioso! Pensem um pouco sobre o que você USA:
  • Sempre: fotos, tesoura, base de corte, fita dupla face, fita banana, carimbeira preta, papéis, caneta preta, letras thickers e adesivos;
  • Frequentemente: tinta, máscaras, diecuts, bakers twine, brads, furador;
  • Ocasionalmente: fitas, agulha, linha, chipboard, canetas gelato, carimbo, blings, flores, botões;
  • Raramente: estilete, régua, ferramentas como cuttlebug, cricut, máquina de costura.
Qdo a gente faz essa classificação, vc já tem uma noção de onde cada uma dessas coisas deve ficar, ou seja, quão longe das suas mãos e olhos elas devem estar.

Pense tb que funcionalidade é mais importante que beleza... principalmente se o orçamento anda curto! ;-)
Achei genial a Kim Faucher guardar as tintas dela assim, mostrando o fundinho, pq daí já sabemos qual é a cor dela! ;-) Além disso ela deixa as tintas e os pincéis juntos!

No segundo post da Julie foi enfocada a forma como trabalhamos e por isso até mesmo a disposição dos móveis vai variar, por exemplo, a Kim tem o cantinho a pintura, da costura e dos furadores, além da mesa de trabalho dela.
Para nos ajudar a organizar a sala, a Julie fez as seguintes perguntas:
  • Quando vc precisa de um papel ou pedaço de papel, como vc pensa nele? Nome da empresa? Cor? Uso? Tema?
  • Se vc for começar um projeto e pode usar apenas 10 itens, quais seriam eles? Papel, caneta, carimbo, etc?
  • Há alguma restrição ao seu espaço? Tamanho, compartilha com alguém, é reservado ou vc precisa guardar seus materiais sempre que recebe visitas?
  • Que tipo de atividades vc desenvolve em seu espaço? Pintura, mixed media, scrapbook, costura, etc.
Baseado nessas perguntas a Julie publicou esse videozinho sobre como ela organiza o estudio dela baseado nas respostas a essas perguntas.


Pq é importante pensarmos nisso? Pq quanto mais fácil o acesso ao que vc precisa, maior será o uso desses itens!

Se vc, por exemplo, quer começar a aumentar o uso de texturas diferentes em seus projetos, que tal deixar seus tecidos, itens para emboss mais pertinho da sua mão? ;-) Vejam dicas aqui.

Leiam todos os posts relacionados pq tudo o que a Julie faz é show de bola!

Ah! E não se esqueça de colocar rótulos em suas caixas e gavetas, pq lidamos com tantas miudezas que teremos muitas caixas e gavetas para guardar tudo organizadinho.

Alguns blogs que tem muitas idéias sobre como organizar suas preciosidades:

Agora que tivemos uma introduçãozinha sobre como se organizar no seu espaço, vamos pensar em sobre como fazemos scrap, quanto precisamos produzir e dicas para tornar esse processo mais rápido.

2. Planejamento: não, não precisa ser como planejamento dos gastos da casa não, mas se vc quiser, sim, pode ser. No meu caso por exemplo, preciso produzir pelo menos 3 projetos de scrapbook em função dos DTs, um artigo por mês e seria bom que pelo menos uma vez por mês, pelo menos, eu atualizasse o blog com minha produção. Tb seria legal se eu preparasse projetos para publicar ou para participar de desafios, porém isso está um pouco inviável nesse exato momento pq eu só tinha as madrugadas para scrappear e agora, nem isso. Ainda não vivo de scrapbook, mas quem vive disso sabe a importância de fazer tudo isso aí, além de produzir para aulas e encomendas!

Pensando nisso eu definitivamente preciso deixar o caos de lado e me organizar. Para não cair na ladainha do urgente/prioriátio x importante, que ainda não funcionou para mim, vamos começar pensando em responsabilidades, mas sem estress pq guardar suas memórias não deve ser motivo de cansaço e ansiedade.

Vou incluir o vídeo de uma mocinha muito fofa que é a Shimelle Laine sobre como ela (q trabalha com isso) faz com que tudo seja prazeroso.

Posso falar? Terça de madrugada até me emocionei vendo esse vídeo... Coisa de manteiga derretida mesmo... ;-) Cada dia mais admiro essa mocinha!

Bom, não vou pensar nas fotos... Simplesmente faça como disse a Shimelle, imprima muitas fotos! Muitas! Pode ser que algumas delas nunca se tornem um projeto, mas... td bem! Por um tempo me pressionei a fazer scrap de todas as fotos que eu tinha, ficava angustiada, mas agora, relax... Acho que li sobre isso em algum artigo, talvez Ali Edwards, talvez Cathy Zielsky, desculpe não lembrar a fonte. Mas digo, isso me deu uma grande sensação de liberdade...

Se vc quiser ler um pouco sobre como lidar com as fotos, clique aqui.

Qdo planejamos devemos sempre pensar sobre o que fazemos hoje e pensar sobre o que queremos fazer no futuro, sejam eles projetos semanais, mensais, anuais, e até mesmo de 5 anos ou mais.

  • Faça sua lista de metas a curto e longo prazo, não somente projetos, mas sonhos a realizar com relação ao scrapbook (se é que vc tem algum tipo de pretensão relacionado a isso);
  • Tenha um caderninho de inspiração e anotação de memórias precisa guardar: não exatamente um smash book, mas as idéias de layouts, prompts de páginas a fazer, enfim, é mais um bloquinho de notas mesmo para vc não perder as idéias legais que vc teve ou que outros tiveram;
  • Liste suas responsabilidades scrappísticas mensais;
  • Reveja se vc tem alguém especial a homenagear nesse mês, aniversários, presente de professores, mãe, etc (caso vc queira fazer seu presente ou cartão);
  • Imprima folhas de planejamento de layouts e inclua informações, dados, estudos que vc fez para se organizar;
  • Prepare seu kit conforme planejou;
  • Aproveite todo segundo que seja para:
    • preparar os enfeites da sua página (planejada ou não): ex. pegue retalhos de papel e corte florzinhas, corações, nuvens, bordas decoradas;
    • faça florzinhas;
    • pinte um background especial;
    • reveja projetos que ainda precisam de finalização;
    • lixe uma peça de altered;
    • carimbe retalhos;
    • imprima journaling cards, títulos e embellishmets;
    • escreva seu journaling (leia mais aqui);
    • fotografar layouts;
    • editar layouts, etc.
  • Quando vc se sentar para fazer scrap, tudo já estará lá, separadinho, pronto para ser colado e finalizado.
Vamos aprofundar em alguns desses tópicos?

Encontrei dois scrapbook planners que gostei:
Sinceramente, estou pensando em fazer uns printables de organização de scrap, mas depois coloco aqui pq senão não publico hoje... hehehe.
Para quem teve fôlego para se comprometer com o Project Life, vcs bem sabem da importância de ser muito organizado para dar conta dele! Tem muitas scrappers fazendo, mas a Lisa Truesdell vem descrevendo sua organização e ao mesmo tempo ensinando a usar itens específicos como as washi tapes, etc. Confira no site da Two Peas in a Bucket - 2012 Captured!
Veja como ela se organiza:
1. Reuna suas fotos: separe suas anotações e todas as fotos que tirou na semana;

2. Combine as fotos com suas anotações: escolha as fotos que descrevem suas anotações e planeje o tamanho das fotos para imprimir. Neste ponto, eu também observe onde quer adicionar o texto do journaling e onde incluir a memorabilia q vc guardou;
3. Exclua as fotos não vai usar para descrever a semana;
4. Destaque: uma vez q já sei quais fotos vou incluir, defino o tamanhos conforme o momento que quero dar destaque nessa semana;
5. Imprima: se você for imprimir em casa, agrupe todas em papel fotográfico do tamanho A4 e no caso das 10x15, imprima-as em papel nesse tamanho;
6. Pronto para finalizar: fotos impressas, anotações completos e memorabilia escolhida, hora de começar a montar o layout;
7. Monte o layout: corte as fotos e comece a adicioná-las nos plásticos protetores conforme planejado e mexa em sua localização de modo que fique com as páginas balanceadas, com sensação de equilíbrio e com boa mistura de cores e padrões.
Semana finalizada:

Algumas dicas para quem, de repente, perdeu algumas semaninhas pq realmente a vida aconteceu! Ou seja, teve uma semana realmente cheia!
  • Foque na atualidade: Comece pela semana corrente e vá fazendo as semanas que passaram. Não se aflija se o projeto Life ficar faltando algumas semanas;
  • Consolide: Ninguém disse q a semana precisa ser descrita por uma página dupla, se achar q deve, faça somente uma q a consolide;
  • Use mais fotos: complete as "janelinhas" dos plásticos protetores com mais fotos. Mesmo q vc não faça um journaling comprido descrevendo o momento, as fotos estão lá e ajudam a contar a história;
  • Ou use menos fotos: se vc acha q imprimir as fotos é trabalhoso. Nesse caso, use e abuse de memorabilia, journaling;
  • Simplifique: imprima journaling cards prontos, use washi tape, carimbos, sem se preocupar tanto em inventar técnicas mirabolantes (o objetivo é registrar sua vida!)
  • Trabalhe em etapas: imprima fotos em lotes, escreva os textos de journaling em lote, e finalize enfeitando todos juntos;
  • Não se preocupe: seu álbum vai ser um sucesso mesmo q seu álbum esteja com algumas semanas faltando! (Veja mais aqui)
Mais informações sobre planejamento de página, veja aqui.

No caso de projetos gerais, mesmo que vc já tenha o sketch e a paleta de cores (como ocorre aqui nos desafios de Scrap entre amigas), é de suma importância você se preparar para ele com a inspiração que te trouxe ao resultado final.


Sketch 9 da Maisa Mendonça
+ inspiração by Pooi
=


Vejam que interessantes os estudos que a Tara Anderson para chegar ao combo de cores que ela faz para a Crate Paper:


Resultado 1:
Resultado 2:
Agora olha o q ela produziu!
Bom, agora que já planejamos bastante, vamos preparar alguns kits para deixar pronto para fazer com uma sentada só? ;-)

Preparação dos kits:

A forma mais fácil de combinar tudo sem erro é comprar kits prontos! Temos muitas empresas que vendem kits como Crate Paper, Webster Pages, etc, além das empresas que vendem kits como Scrap Diary, Studio Calico, Scarlet Lime, JBS Mercantile, etc.
Para informações sobre como escolher o seu kit club, algumas diquinhas:
  • Reputação: numa época de tanta crise, com tantos empresas e lojas de scrapbook, é importante verificar como anda a satisfação dos clientes com relação aos produtos, se entregam direitinho, se possuem serviço de atendimento;
  • Produtos: avalie se os produtos agradam a vc e o seu perfil de uso de materiais. Existem kit clubs bem específicos com tendências mais vintage, mais mixed media... Alguns kits possuem perfil de quem gosta de fazer mini albuns, outros sempre oferecem carimbos inclusos... Enfim, veja o que gosta de usar e fazer e avalie se o kit club oferece isso e se não oferece muito de outros tipos de coisas que vc não usa, pq isso vai ficar parado na sua casa! Tb considero importante ver a atualidade dos produtos... sempre há um mix, mas dependendo, vejo que alguns misturam muito com itens lançado há algum tempo;
  • Preço: o valor do kit é razoavel considerando os produtos que ele traz? Vc poderia comprar cada um dos elementos separadamente? Verifique o valor do frete, pois esse valor deve ser agregado ao custo do kit. Considerando tudo isso, vale a pena assinar o kit?
  • Apresentação: Vá ao site do kit club e veja como é a apresentação do kit. Há fotos que o mostram de maneira clara e com lista detalhada dos elementos do kit?
  • Idéias de projetos: o fato de apresentar um blog ou galeria com projetos, tutoriais, sketches e inspiração é muito bem vinda e nos ensina como tirar o melhor proveito do que é enviado para nós;
  • Comunidade: outro benefício é a existência de uma comunidade que ajude a trocar experiências, tirar dúvidas, além da possibilidade de fazer amizades.
Geralmente esses kit clubs são destinados a mais de um projeto, ou seja, ao comprar um kit, normalmente conseguimos fazer por volta de 8 projetos se soubermos usar bem o que vem dentro!

Mas vc tb pode montar seu próprio kit para muitas páginas! Veja as dicas da Shimelle Laine!


Se você tem estoque de papéis e enfeites para serem usados, construir seus próprios kits é uma ótima maneira de começar a usá-los.

Para começar, estude os últimos dois ou três layouts que você fez que são típicos de sua abordagem ao fazer páginas. Quantos pedaços de papel diferentes vc incluiu? Que tipo de enfeites costuma usar? Em q quantidade?
  • Ao escolher os papéis pense em:
    • Bases: você prefere cardstock liso ou papel decorado? Uma mistura de ambos?
    • Tapetes, camadas, fitas e outras peças de papel: Quanto cardstock e papel decorado vc usa nas páginas? E em que proporções? Você costuma incluir muitas camadas de papel, usa tiras de papel ou blocos (color block)?
    • Mistura de diferentes fabricantes: se vc usa de um fabricante vai economizar tempo e garantir que as coisas realmente funcionam juntas. Porém, se vc tem um estoque de papéis mistura de vários fabricantes, siga seus instintos e escolher papéis que coordenam bem e que também integram o contraste de densidade de cor, escala e densidade da estampa.
A Cyn Vilela publicou alguns artigos interessantes que tratam de como misturar papéis. Vejam algumas dicas dela para combinação de papéis decorados:
  • O fundo ou base do papel decorado possui duas cores: branco ou bege;
Base branca
Base bege
Veja aqui.
  • Combine papéis decorados com desenhos repetidos, com uma padronagem mais ou menos geométrica. Claro que as florezinhas que se repetem também combinam com tudo;
Exemplo 1:
Exemplo 2:
Veja outros aqui

Aqui um videozinho da Shannon Tidwell sobre como ela escolheu os papéis que ela combinou. Pessoalmente gosto muito das combinações dela porque são sempre ousadas! ;-)

Além desse vídeo existe uma série feita por ela chamada Pattern paper every which way que acredito que nos ensine bastante!
  • Enfeites prontos: inclua os enfeites coordenados de coleções de papéis que vc incluiu e também aqueles que combinam com o tema, cor e padronagem dos papéis que vc já escolheu;
  • Enfeites versáteis: avalie seu estilo e verifique que tipo de enfeite costuma usar, certifique-se de que incluiu esses enfeites que são versáteis como tags, fitas, botões, journaling cards, etc.
  • Não se esqueça letras adesivas: escolha fontes e cores conforme papéis e estilo que você costuma adotar, não se esqueça de misturar tamanhos. Caso queira montar um kit básico que possa ser usado para tudo, pelo menos um mini-alfa, um alfa em preto ou branco básico, e depois uma terceira, de alguma cor em negrito que irá contrastar com os meus trabalhos e destacar a página;
  • Escolha o algo a mais como:
    • uma videira da Prima Marketing;
    • colagens feitas à mão (técnicas artísticas -  caso esteja in love com aquarela, inclua um estojinho dele!);
    • um frasco de tinta spray e máscara ou estêncil
    • um carimbo especial esperando para ser usado.

Como o artigo já está grande, sugiro que leiam o artigo sobre como fazer kits específicos baseados nas cores.
Por fim, como guardar esses kits para não virar um montanha de papéis e embellishments?
by Debbie Hodge
ou

Para finalizar um videozinho basicão:

E um videozão de uma das minhas novas prediletas! ;-)

Agora estamos prontinhas para começar a escrapear, né?

Pois é, UFA! Acho que é isso!
Vamos lá pessoal nos esforçarmos para sermos mais organizadas e conseguirmos PRO-DU-ZIR!

Td o que escrevi serve muito para mim e sempre faço posts de estudo, mas esse, realmente tenho que implantar pq estou numa fase muito corrida mesmo!

Nos vemos por aí! BJksssss e please, comentem! ;-)

2 comentários:

Elaine Maffessoni Machado disse...

Vou falar uma coisa... esse artigo foi feito pra mim! Estou totalmente sem tempo de fazer scrap, e quando sobra um tempinho estou tão cansada que nem me animo muito. E ao mesmo tempo, quando estou em casa, o que é raro, tenho dado prioridade à organização. De scraproom, de armários, de tirar coisas que não são mais úteis. E parece que essa parte nunca termina. Parabéns mesmo pelo artigo! Muito útil, de verdade! Reuniu dicas preciosas. E eu li pensando que não é pra ser usado só com o scrap. é com tudo! Com a organização, com o que é prioridade e deve estar por perto (como na cozinha), com o que deve ser guardado e revisto em 1 ano, e aí sim doado sem dó. Muito obrigada pela inspiração e pelo capricho pela preparação de um artigo tão útil! Beijo grande!

lepetitatelierdebabi disse...

Oi Susu, como vc sabe eu amo os seus artigos, são sempre ótimos e mt completos. Pretendo fazer um mini ou smash de um projeto e em outra ocasião vc já havia me falado sobre pensar no projeto como um todo, planejar o q será feito. Este artigo seu me ajudará mt, vc tem algum outro q fala sobre planejamento de página/álbum?
Bjs com saudade